Por este Projeto Pela Linha Verde

18 May 2019 12:21
Tags

Back to list of posts

<h1>O Teste Dos Museus Do Rio</h1>

<p>Entre as v&aacute;rias iniciativas que executam cota do calend&aacute;rio de comemora&ccedil;&atilde;o dos 450 anos do Rio est&aacute; um programa, lan&ccedil;ado h&aacute; duas semanas, que se prop&otilde;e a trazer os cariocas aos museus e aos centros culturais da cidade. A ideia &eacute; incentivar a popula&ccedil;&atilde;o a frequentar as 43 institui&ccedil;&otilde;es participantes, quase todas dotadas de portentosas cole&ccedil;&otilde;es de arte ou de instrumentos hist&oacute;ricos.</p>

<p>Para essa finalidade, criou-se um passaporte que garante o acesso gratuito &agrave;s galerias de apresenta&ccedil;&atilde;o e, ao mesmo tempo, permite ao usu&aacute;rio colecionar o carimbo dos locais por onde passa. Dicas De Decora&ccedil;&atilde;o E Limpeza Para Quartos De Mo&ccedil;as Al&eacute;rgicas e os centros culturais do Rio vivem uma esp&eacute;cie de paradoxo. Na &uacute;ltima semana, a reportagem de Veja RIO esmiu&ccedil;ou os 25 museus e centros culturais mais s&eacute;rias da cidade. Foram analisados aspectos como caracter&iacute;stica da programa&ccedil;&atilde;o, apuro na montagem das exposi&ccedil;&otilde;es, preparo da equipe, servi&ccedil;os adicionais, conserva&ccedil;&atilde;o e facilidade de acesso. O panorama localizado &eacute; t&atilde;o heterog&ecirc;neo quanto os lugares visitados.</p>

<p>Alguns problemas, mas, s&atilde;o frequentes mesmo em grandes museus, como a car&ecirc;ncia de sugest&otilde;es ou de funcion&aacute;rios bil&iacute;ngues e sinaliza&ccedil;&atilde;o deficiente. “Museus s&atilde;o as &acirc;ncoras de uma comunidade. Ao preserv&aacute;-los e proteg&ecirc;-los, ajudamos a popula&ccedil;&atilde;o a compreender melhor e apreciar a diversidade cultural”, avalia Julie Hart, diretora da American Alliance of Museums, organiza&ccedil;&atilde;o que congrega 21 000 institui&ccedil;&otilde;es nos Estados unidos.</p>

<p>Esperamos que o levantamento publicado nas pr&oacute;ximas p&aacute;ginas estimule os cariocas a embarcar nesta fascinante viagem pela cultura e na hist&oacute;ria. Mais da metade das organiza&ccedil;&otilde;es apresentou problemas de atendimento. Em uma cidade que, de maneira geral, sofre com a car&ecirc;ncia de m&atilde;o de obra qualificada, a Casa Daros &eacute; um o&aacute;sis de excel&ecirc;ncia. O grande investimento na reforma do casar&atilde;o do s&eacute;culo XIX que sedia a funda&ccedil;&atilde;o, de cerca de 67 milh&otilde;es de reais, visivelmente bem como se aplica ao atendimento.</p>

<ul>
<li>15/12/2010 &agrave;s 11:24</li>
<li>Uns bombons por perto bem como a toda a hora caem bem</li>
<li>Gent&iacute;lico Ohioano[6]</li>
<li>N&atilde;o fa&ccedil;a mudan&ccedil;as dr&aacute;sticas</li>
<li>nove - Camas embutidas s&atilde;o possibilidades para espa&ccedil;os menores</li>
<li>1989 a 1995 - Resid&ecirc;ncia Ana Costa em Santo Ov&iacute;dio, Lousada</li>
</ul>

<p>Dados &iacute;nfimos como um excelente-dia dado pelo seguran&ccedil;a ou um sorriso da criancinha respons&aacute;vel pela chapelaria comp&otilde;em um quadro em que o visitante se sente acolhido. A equipe da entidade conta com aproximadamente 100 funcion&aacute;rios, 50% deles contratados diretos e os al&eacute;m da conta terceirizados. “Oferecemos treinamentos semanais aos nossos empregados, n&atilde;o s&oacute; &agrave;queles que lidam com o visitante como os das &aacute;reas administrativas. Decora&ccedil;&atilde;o Sala De Estar: Sete Sugest&otilde;es (fundamentais) + 21 Salas Pequenas - Faz Claro percorrem as exposi&ccedil;&otilde;es, conhecem o que est&aacute; sendo feito, e, dessa maneira, podem se discernir com o trabalho. Os empregados indiretos assim como passam por programas de capacita&ccedil;&atilde;o toda semana”, diz Maria Luiza Sacknies, gerente de comunica&ccedil;&atilde;o da Resid&ecirc;ncia Daros.</p>

<p>Curiosamente, as visitas realizadas por Veja RIO demonstraram que a propriedade das equipes n&atilde;o est&aacute; obrigatoriamente associada ao porte da funda&ccedil;&atilde;o. Mesa De Escrit&oacute;rio de Rui Barbosa, tendo como exemplo, todos os funcion&aacute;rios se mostraram atenciosos e preparados, no CCBB parte dos profissionais revelou desconhecimento das exposi&ccedil;&otilde;es em cartaz e dos servi&ccedil;os oferecidos pelo espa&ccedil;o. T&Aacute;XI, METR&Ocirc;, &Ocirc;NIBUS OU Carro?</p>

<p>Entre os grandes fatores que podem arruinar um programa cultural, um deles se institui antes mesmo de sair de casa: o acesso ao espa&ccedil;o. DECORA&Ccedil;&Atilde;O DE COZINHA PEQUENA p&uacute;blico, t&aacute;xis e com estacionamento t&ecirc;m vantagem na prefer&ecirc;ncia das pessoas. Por introduzir todas essas facilidades e estar fora da zona de obras do centro da cidade, o Oi Futuro Flamengo obteve a melhor avalia&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>“Nas pesquisas de satisfa&ccedil;&atilde;o que fazemos com os visitantes, a pergunta do acesso &eacute; um dos pontos mais elogiados”, diz Roberto Guimar&atilde;es, diretor de cultura da casa. Museus afastados, sem op&ccedil;&atilde;o de linhas de &ocirc;nibus e com deslocamento por trajetos mal sinalizados, t&ecirc;m o prest&iacute;gio comprometido. Com acervo de mais de 100 avi&otilde;es hist&oacute;ricos, o Museu Aeroespacial, no Campo dos Afonsos, Zona Oeste, &eacute; um modelo de local que, pela dist&acirc;ncia e na dificuldade para comparecer l&aacute;, acaba esquecido nos programas de cariocas e turistas.</p>

caixotes-feira-decora%C3%A7%C3%A3o.jpg

<p>S&iacute;mbolo da revitaliza&ccedil;&atilde;o da Zona Portu&aacute;ria da cidade, o Museu de Arte do Rio consumiu oitenta milh&otilde;es de reais na restaura&ccedil;&atilde;o completa de dois edif&iacute;cios: o ecl&eacute;tico Palacete Dom Jo&atilde;o VI e teu vizinho, um antigo terminal rodovi&aacute;rio. O efeito do trabalho &eacute; n&iacute;tido em cada porte da infraestrutura do museu. As filas da bilheteria s&atilde;o organizadas, o guarda-volumes surge de imediato depois da compra do ingresso, os elevadores (cujo acesso &eacute; orientado por funcion&aacute;rios) s&atilde;o novos e h&aacute; interessante disponibilidade de bebedouros.</p>

<p>No que diz respeito &agrave; acessibilidade para deficientes, o MAR brilha: rampas em todos os ambientes, banheiros apropriados pra cadeirantes, faixas em alto-relevo no ch&atilde;o pra orienta&ccedil;&atilde;o de cegos e informa&ccedil;&otilde;es em braile prometem a democratiza&ccedil;&atilde;o do espa&ccedil;o. “O MAR de imediato foi idealizado segundo padr&otilde;es internacionais de caracter&iacute;stica que se ad&eacute;quam &agrave; proposta de doar um material de primeira linha”, explica Carlos Gradim, presidente da funda&ccedil;&atilde;o. Tal apre&ccedil;o na conserva&ccedil;&atilde;o do espa&ccedil;o n&atilde;o &eacute; percebido em alguns museus de grande valor hist&oacute;rico.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License